15 de dezembro de 2008

Marca Branca, os Netlabels e Creative Commons da Rádio Zero (Lisboa) agora na Rádio FilispiM.

Marca Branca, programa da Rádio Zero dedicado exclusivamente a edições de netlabels e outros registos sonoros licenciados sob Creative Commons.

Así apresenta R
ute Correia a súa interesante proposta radiofónica que produce dende Rádio Zero (Lisboa), que dende xa mesmo pasa a emitirse tambén ao través da Rádio FilispiM, a libre e comunitaria da Terra de Trasancos que emite dende Ferrol (Galiza).

Recompilamos de seguindo algúns enlaces e outra información para que vaias coñecendo mellor a esta xentiña radioapaixoada da fermosa cidade de Lisboa, da que tanto gostamos os Pequen@s monstros:

Blogue do programa "Marca Branca" realizado na Rádio Zero por Rute Correia: http://www.programamarcabranca.blogspot.com/

Máis novas noutros blogues de Portugal: http://beatsplayfree.blogspot.com/

E na Galiza: http://commonsbaby.blogspot.com/ - http://opaii.blogspot.com

Nestoutro enlace tes unha pila de
afotos d@s colaboradores da Rádio Zero de Lisboa: http://www.flickr.com/photos/radiozero/

Un pouco de
história.
Rádio Zero
naceu no ano 2004. A súa filosofía está resumida neste Manifesto por eles asinado:
A rádio é um meio criativo que fomenta o experimentalismo e o desenvolvimento de obras de arte em formato sonoro. A rádio intervém na sociedade através de conteúdo de cariz comunitário e da promoção de actividades culturais. A rádio assume-se como um meio de acesso do indivíduo à radiodifusão. Sendo apologista da liberdade e criatividade, a rádio dá preferência total ao formato de autor.

Na Rádio Zero traballan de balde, sen outro interés que o amor á rádio libre e creativa, procuran colaboradores e se definen así:

Quem Som.
A Rádio Zero é uma secção autónoma da Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico (AEIST), sem fins lucrativos e de duração ilimitada. Ambiciona contudo a ser muito mais que isto. Ser mais que um espaço físico, como tantos outros há, em que se transmite o que todos sabem que existe da forma que todos conhecem. A Rádio pretende ser um meio criativo que fomenta o experimentalismo e o desenvolvimento de obras de arte em formato sonoro. Sendo uma Rádio de cariz originalmente universitário, os seus objectivos passam naturalmente por: incentivar os estudantes para o fenómeno da radiodifusão e dar a formação radiofónica aos interessados em fazer rádio, possibilitando-lhes um espaço de criatividade; por contribuir para a formação cívica, cultural e científica dos estudantes e ouvintes através da divulgação informativa e artística; por fomentar a participação dos estudantes do IST na vida activa da escola e da Universidade. Ao longo de dois anos de emissão a Zero desenvolveu-se, tanto como instituição e números, como em maturidade radiofónica. Neste momento é um projecto em crescimento sólido e estruturado, com responsabilidades assumidas perante a comunidade radiofónica portuguesa e europeia. A Rádio Zero não se quer afirmar em alternância, mas sim em alternativa. Quer ocupar um espaço que sente existir, um hiato que clama por uma atitude descomplexada, por uma maneira diferente de estar e encarar a realidade radiofónica.

Rádio Zero, ademáis forma parte dunha rede: a Radia.

A Zero faz também parte da Radia, uma rede europeia de rádios experimentais/rádio arte. A concretizaçõo da rede deu-se em Fevereiro de 2005, e actualmente os parceiros são: Radio Campus-> Bruxelas, Bélgica - Radio Corax-> Halle (Saale), Alemanha - free103point9->Nova Iorque, EUA - Grenouille-> Marselha, França - Kanal 103->Skopje, Macedónia - Lemurie TAZ->Praga, República Checa - ORANGE 94.0-> Viena, Áustria - Resonance104.4fm->Londres, Reino Unido - Tilos Radio->Budapeste, Hungria - Radio Panik-> Bruxelas, Bélgica - Bootlab-> Berlim, Alemanha - SounDart Radio->Dartington, Reino Unido - InterSpace->Sófia, Bulgária - ORF Kunstradio->Viena, Áustria

Dende este pequeno blog, damos a benvida á Rute Correia e a propia Rádio Zero de Lisboa a Rádio Filispim!!!

1 comentário:

  1. Muito obrigado pelo convite e pelas boas vindas!... Para mim é um prazer fazer parte da "família" Filispim, tal como faço parte da Zero.

    Beijinhos portugueses

    ResponderEliminar

Comentando das vida ao blog. Adiante!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...